Comido pelo traveco dotado

Meu nome é Jorge sou moreno alto e sempre me achei hetero, mas sempre tive uma queda por travesti, mas nunca havia realizado nada. As vezes trabalhava até de madrugada e ao sair do trabalho passeava por onde eles fazem ponto para ver aquelas delicias que permeavam minha imaginação. Uma dessas noites sai já era 4:00hs da manhã era Terça para Quarta-feira, e ao passar pelos pontos vi uma linda travesti loira, bronzeada grande com seios enormes e usando uma calcinha fio-dental branca, pedindo carona. As ruas vazias resolvi parar e dar uma carona para ela.

Ela parou na janela do carro e disse:
– gato pode me dar uma carona? Ai eu posso te fazer gozar!
– É claro que sim pode entrar
– Você é muito gostoso – Disse ela para mim ao entrar.
– Que é isso você que é um tesão.
Saímos em direção à sua casa conversando sobre algumas curiosidades que eu tinha, como se ela era passiva ou ativa. Ela me respondeu os dois. Ao chegarmos perto da casa ela me pediu para encostar um carro num lugar escuro, o fiz e ela começou a passar a mão no meu pau dizendo:
– nossa, tudo isso é tesão por mim!
– Morro de tesão por travesti – confessei – mas nunca fiz nada!
– O que mais gosta?
– Dos seios grandes da bunda e de ver um membro de homem num corpo feminino.
– Então ainda não esta satisfeito. Falta alguma coisa e eu vou te satisfazer.
Ao dizer isso puxou a calcinha de lado e revelou uma pica de pelo menos 18 cm e grossa, ao ver aquilo não acreditei pois como cabia aquela vara numa calcinha minúscula? E deixou os seios a mostra. Aquilo me deixou com mais tesão ainda. Estava louco não sabia o que fazer quando ela chega seu rosto perto do meu e diz sussurrando:
– Pega no meu pau, meu viadinho. Pois eu sei que é isso que você sonha fazer, pois sempre te vejo passar de carro e ficar olhando a gente.
Nem tentei responder peguei o pau dela. Que sensação deliciosa relar num outro pau, e ele começou a crescer na minha mão e ficar duro. Ai eu chupava os peitos dela e punhetava o pau, que delicia. Quando mais uma vez ela sussurra:
– Chupa meu pau, meu viadinho gostoso. Se vc chupar ele igual chupa meus seios ficarei feliz!
– Eu tenho medo de pegar alguma doença, respondi.
Ela habilmente pegou um preservativo na sua bolsa e colocou em seu pau e me disse:
– mete a boca nele agora meu viadinho gostoso!!!
Obedeci imediatamente. Chupei aquele pau igual uma puta, ela gemia de prazer, e esfregava a mão pelo meu corpo passou a mão em minha bunda e enfiando-a por dentro da calça tocou meu cuzinho. Soltei um suspiro de aprovação.
– Esta louco para dar o cu não é bicha?? – me perguntou ela.
– Sim. – disse com a boca cheia daquele caralho maravilhoso
– Vamos entrar em casa que lá eu vou te comer gostoso, mas só vá se estiver preparado para tudo.
– Vamos logo que eu não aguento de tesão e quero tudo mesmo.
Entramos na casa e ela foi arrancando a pouca roupa que tinha e me mandou tirar a minha. Tirei. Ao fazer isso ela ainda trocando a camisinha me mandou ficar de quatro com a cara encostada no chão e abunda arrebitada para cima. Ao revelar meu cu lisinho, pois sempre raspo, ela se admirou e elogiou-me como uma bichinha bem cuidado e disse que adorava cu bem liso. Ao dizer isso senti sua lingua tocar minhas bolas por trás e depois sua boca a chupa-las e escorregando um pouco tocou o meu cu. Ela lambeu meu cu tão gostoso que eu estava louco para ser penetrado, eu gemia. Quando ela parou de lamber meu cu sabia que seria a hora, senti a ponta do seu pau se posicionar na entrada de meu cu, a primeira reação eu tranquei as portas. Ela me pediu para relaxar, e foi fazendo movimento circulares com o seu pau na portinha do meu cu. Aquilo eu estava nas nuvens e fui relaxando. Quando ela viu que eu estava totalmente relaxado ela começou a penetrar, a sensação era de uma dor maravilhosa, com movimentos leves ela colocou todo o seu pau no meu cu. Que delicia ser enrabado por uma mulher de pau. Depois de um tempo ela perguntou e o bichinha já tinha se acostumado com a dor eu disse que sim, ela começou a bombar devagar e depois aumentou a velocidade. Aquilo eu soltava gritinhos de prazer igual a uma dessas mulheres de filmes pornô, e jogava a minha bunda para trás para forçar a penetração ainda mais. De repente ela da uma estocada e para com pau fundo em mim e joga seu corpo sobre o meu dizendo:
– não aguento mais gato, e você?
– Eu aguentaria muito mais. – disse tomado de tesão
– Isso que eu queria ouvir, olhe para trás.
Ao levantar a cabeça vi 3 travestis que moravam com ela com os paus na mão e olhando para mim com cara de desejo. Ao superar meu susto por ve-las, disse:
– Podem vir que este viado aqui vai dar para todas vocês
– uhuuuuuuuuuu. – gritaram todas e vieram para cima de mim.
Enquanto uma me comia eu chupava o pau de outras 2 e a outra chupava o meu pau, fui penetrado de todas as formas e chupei todos os paus dali, ao sair a travesti loira a quem primeiro me deu carona me deu um nome de uma pomadinha para passar no cu. Ao nos despedirmos ela me perguntou:
– E ai gostou?
– Gostei quase de tudo, só uma coisa não gostei. – respondi.
– O que foi? – me perguntou ela preocupada
– Vocês terem de usar camisinha e não poderem gozar na minha boca.
Ela deu um belo sorriso, e me disse que qualquer dia faríamos isso e trocamos os telefones. E ela tinha razão fizemos, mas é uma outra historia.

1 comentário sobre “Comido pelo traveco dotado

Deixe um comentário

CAPTCHA



Online porn video at mobile phone


conto gay primeira vezcontoeróticocontos de sexconto erótico incestosexo contoscontos eroticos tiorelato eroticoscontos pornorelatos incestocintos eroticoscontos de fodaconto erotico genrocontos eroticos mais lidoslesbicas contoswww.contoseroticoscontos pornograficosrelatos e contos eroticoscontoeróticoscontos eroticos em onibuscontos eróticos onibuscomi minha sograúltimos contos gaycontos eróticos filhacontos eroticos corno mansoconto erotico gordacoto eroticodei pro meu cunhadocontos sexcontos eroticos ônibuscontos eroticos chupando bucetarelatos eróticocontos pornos gayscontos comendo a sogranovos contos eroticosconto cornocontos de sacanagemconto erotico tiacontos eroticoscontos eróticos incestosconto eroticosmeu conto eroticocontos eróticos perdendo a virgindadecomtos eróticocontos de.sexocontos eróticos meninascomi meu primocontos eroticos de cornoscontos eroticos incesto gayconto erotico primalesbicas contoscontos de orgiacontos podolatrascontos eróticos com travestiscontos eroticos de gravidasconto de sexocontos de safadezacontos cornoscontos eroticos massagemconto erótico novinhacontos de crossdressercontos eroticos de fantasiascontos de coroascontos eroticos fantasiaconto erótico dormindocontos eroticos na academiacontos eroicoscontos e relatos eroticoscontos eroticos safadoscontos eróticos pai e filhacontos eroticos vovocontos eroticos transcontos eroticos gay incestocontos eroticos cunhadocontos erotixoscontos eroticos incertoscontos eróticos realcomendo minha sobrinhacontos eroticascomi minha sogracontos eróticos sobrinhaconto de travesti