Fodendo com o velho tarado no condomínio

Bom, depois de descobrir que meu namorado meu traiu uns dias antes de eu ir para a praia de ferias com minha família, decidi que ia tocar o terror naquela viagem.
Chegando lá, era um condomínio de clientes e amigos do meu pai, ou seja, só caras mais velho!! Que delicia!! Já no primeiro dia sai com aquele bikini vermelho super pequeno, grudado nos peitos e como de costume, super atolado na minha bundona, claro. É um condômino com apenas 8 casas, com um piscina no fim no condomínio, um puta espaço pra tomar sol, quadrinha de areia, lugar super top. Esperei dar uns 16: 00 horas pra ir até a piscina do condomínio. Fiquei olhando da minha janela e vi que estava cheio de caras na piscina, ou seja, hora do espetáculo.

Coloquei óculos escuro, peguei minha toalha que mostrava o lado da coxa e fui. Passei no meio deles desfilando com aquela cara de nojentinha, sem dar moral pra ninguém mas com a tolha grudada na minha bundona e rebolando mais que puta. Deixei a bunda na direção deles, joguei a toalha no chão e dei aquela agachada pra ajeitar a toalha perto da piscina, dei aquela olhada de canto e eles com a visão da minha bundona agachada, o fio praticamente entrando no cu, não tive duvidas que já estavam me comendo com os olhos.

Deitei com a bunda pra cima, lógico, liguei uma musiquinha e fiquei ali, bundão pra cima, mexendo a bunda enquanto ouvia a musica e graças ao óculos escuro via eles me secando descaradamente, vários deles passavam por traz de mim, sem justificativa, iam e voltavam varias e varias vezes.

Mas fiquei nessa putaria com eles por uns 3 dias e nada acontecia, acho que por causa das esposas deles, não sei bem porque nem chegavam em mim.

No 4 dia, chegou um senhor de uns 50 anos, meio negro, super bem cuidado, dizia meu pai que era um advogado do rio de Janeiro amigo de um dos parentes dele. Esse já olhou pra mim na 1° vez com aquela cara de safado que chegou a me deixar sem jeito. Mas no fim mesma coisa, não fez nada.
Passada 1 semana e nada, resolvi que era hora de meter o loco! Hahahaahah! Era um terça de tarde, a maioria do pessoal tinha saído e só estava esse senhor na piscina lendo. Pensei comigo, é agora! Soquei a calcinha quase dentro do meu cuzinho e fui rebolando, só que dessa vez parei meio perto dele e fiquei no ritual de tomar sol.
Já parti pra jogada clássica, peguei meu bronzeador passei nos braços, barriguinha, e quando comecei a chegar nas coxas vi que ele já estava me comendo com os olhos e não resisti e falei:
-Moço, pode me ajudar a passar bronzeador nas minhas costas? Com aquela voz de putinha. Ele levantou na hora e veio falando:
-Claro, com prazer mocinha.

Lógico que já deitei de bruços, com as mãos pra cima e deixei ele ir passando nas costas enquanto jogamos conversa fora, quando ele pergunta minha idade e falo que tinha 17 anos e ele toma um susto:
-Serio? 17? Não pode ser, com essa bunda desse tamanho!! Nossa menina, perdão, saiu sem querer. Aí eu só dei um risada bem safada confirmando que era só 17 mesmo. Ele ia passando o bronzeador e chegava quase na lombada da minha bunda sempre, e todas as vezes que olhava pra traz, ele tava secando minha bunda, confesso que comecei a ficar molhada nessa hora. Quando ele subiu a mão e pegou na parte de cima, decidi que era hora de começar a agir!
Subi um pouco da cadeira, soltei o laço da parte de cima do biquine e disse
-Estava atrapalhando né? Melhor assim!
Ele me olha com aquela cara de que sabe que vai me foder e diz:
-Estava mesmo,
Agora que ele percebeu que poderia me comer, começou a me apertar com vontade, chegando perto da minha bundona cada vez mais e mais até que uma hora deu uma esfregadinha de leve esperando minha reação, que foi a mais puta possível né:
-Pode passar ai também…
Nessa hora ele deu uma apertada no pau por cima do calção que já estava duro, ajeitou a cadeira mais perto de mim e passou mais óleo nas mãos, pegou nas minhas coxas e começou a subir chegando na bunda passando com vontade, deslizava, apertava subia e descia para as minhas coxas. O tesão estava tão louco que ele falou assim:

-Afasta as pernas pra ficar mais fácil e claro que a puta obedeceu! Dessa hora em diante não tinha mais volta! Cada subida das mãos dele era dedadas na minha buceta encharcada ou no meu cu! Até que sem aviso algum, senti que ele pegou na calcinha e puxou pra baixo me deixando completamente pelada! Eu sem reação alguma só me contorcia com a situação e olhava para os lados pra ver se alguém estava chegando
Agora ele já estava brincando com meu bucetão todo melado, com o pau pra fora, me masturbava, enfiada 2 3 dedos tirava, cuspia no meu cu e enfiava o dedo enquanto eu gemia loucamente, até que ele não aguentou e deu um tapão na minha bunda que chegou a dar eco! Meteu 2 dedos no meu cu e gemi forte, ele só comentou:
– Que bela puta é você… Vem comigo!! Me pegou pelo braço, e foi me levando pra frente da quadra de areia que ficava no fim do condomínio, me jogou perto de uma arvore e começou a me beijar enquanto tirava seu calção. Me empurrou pra baixo, colocando a pica reto na minha boca e disse:

-Me mostra o que você sabe putinha! Peguei na base do pau dei uma bela lambida pra mostrar que sabia o que tava fazendo e comecei a chupar aquele pau preto de leve, brincando com a cabeça, passando a linguá, deslisando até chegar nas bolas e botar uma por vez na boca, ele delirava na chupada. Me puxou para cima, me virou de bunda pra ele e a cada instante ele falava o quanto minha bunda era grande.

Encostou o pau na entrada da minha buceta, deu outro tapa na minha bunda e começo a meter loucamente enquanto eu gemia! O tesão absurdo de alguém chegar e ver ele me fodendo aumentava muito! Mas a cada pouco a gente olhava pra ver se alguém estava vendo a cena, começou a escurecer e ia ficando melhor!! Metia forte, dedo no cu, tapa na bunda, puxada de cabelo, meu, já tinha mais de 30 minutos lá dando pra ele.
Senti que ele tirou o pau da minha buceta e deu uma gozada boa na minha bunda, deixando cheia de porra, mas para minha sorte, aquele pau ainda tava duro, o que me surpreendeu muito… Olhei bem pra ele e disse:
-Por essa eu não esperava em, tá muito bem! Durão ainda! Ele todo feliz, pegou o pau e começou a passar e bater ele na minha cara e falou:

-Vem, mama que ainda temos uma 2° vez! Nem pensei muito e já fui mamando ele de novo, agora com sabor de porra recém gozada. Nem 5 minutos de mamada e aquilo tava super duro. Ele pegou e disse:
-D4 minha cadelinha! Quero ver o tamanho disso d4! Obediente que sou, fiquei e senti aquela linguá passando pela minha buceta e cu, o velho me deu um banho de lingua que me deixou louca, praticamente pedindo pau, mas claro que nem ia precisar fazer o pedido, ele brincava justamente pra meter no cu. Senti que ele foi se ajeitando e aquela cabeça começou a forçar meu cu. Geralmente ele é arrombado, por causa do chefe e do ex-namorado que me comiam todos os dias, mas ali era 1 semana sem vara na bunda, então ele foi dando aquela forçada…

Foi metendo aos poucos pra ir alargando o cuzinho, até que entrou tudo, ai foi enfiando e tirando e aos poucos acelerando, brincando com minha buceta e dando tapas na minha bunda até que viu que comecei a gemer de tesão, sabia que era a hora de maltratar, deu uma ajeitada no corpo e foi socando sem dó agora! Teve que tapar a minha boca, pois eu gemia de dor e tesão, só que como vocês sabem, sou escandalosa, ele tapando a boca e ficando sem dó. Estralava a cada metida que ele dava contra minha bunda! Depois de quase 1 hora lá, tirou o pau do meu cu todo arrombado, me deixando ainda d4, virou o pau na minha cara e veio o premio!! Banho de gala! Encheu minha cara e ficou todo rindo feliz me olhando d4 toda esporada.

Foi até a piscina, pegou meu biquine e levou pra mim. Fiquei quase 1 mês na praia, e ele me fodeu todos os dias, em todos os lugares daquele lugar. Toda madrugada nos encontrávamos na quadra ou perto do mato pra foder. Uma das melhores férias que já tive!

Deixe um comentário

CAPTCHA



Online porn video at mobile phone


contos de insestocontos eroticos no onibuscontos eroticos de putariacontos de travesticontos incestoconto porncontos sexcontos eroticos de sograconto ercontos gay casa dos contosconto erotico novinhascontos eroticos gay primocontos eroticos novoscontos erroticosmeu professor me comeucontos eroticos de sobrinhascontos eróticos academiameus contos eróticosconto erotico onibusporno contos eroticoscontos eroticos de incestoconto erótico lésbicascasa dos contos eróticoscontoserocontoserocontos sensuaiscontos eroticos mae e filhacontos euroticoscontos eroticos chupando bucetacontos gay 2018putaria contoscontos eroticos infanciacontoeroticoscontos eróticos brconto erotico lesbicocontos e fetichescontos eroticos mãeconto eriticocontos eroicoscontos eróticos cunhadacontos eróticos de travestisconto gay primeira vezcontos gay eroticocontos eroticos de mulheres casadascontos eroticos no trabalhocontos eróticos realcontos eroticos com travesticonto erótico professornovos contos eroticos de incestocontos eroticos madrastaconto de corno mansoconto incestocontos eroticos encestoscontos eroticos incestoscontos eroticos de sogracontos eroticos analcontos eroticos incestuososencoxadacontos eróticos picantescontos eroticos meninoscontos de sexo gostosoler contos eroticoscontos de sexo selvagemcontos erotivoscontos eróticos vizinhacontos sexcomendo minha sobrinhacontos eroticos sogrocomto eroticocontos sexycontos erotocoscontos eroticos gay gratisconto roticoconto encoxadameu marido corno