Fazendo amor com melhor amiga vigem

Bom, por onde começar…. Vamos lá.

Eu e a May éramos amigas de verdade sabe, daquelas que não se desgrudava. Nós estudavamos no mesmo lugar e nos intervalos ela sempre estava com seu violão tocando lindamente, com aqueles cabelos pretos, longos e cacheados, e um corpo lindo, de tirar o fôlego, seios bem redondos e grandes, pele branquinha, boca rosada mais parecia um moranguinho. Eu era magrinha, cabelo curto loiro, cintura bem definida, com um bundão e seios pequenos, e amava cantar…. com esse grude todo um belo dia fui dormir na casa dela, confesso que na minha cabeça eu já tinha planos para aquela noite, eu sabia que ela era virgem e queria deixar ela louca de tesão, mais não sei se ela toparia, nunca havíamos falado disso antes, ela era meio tímida. Tomamos banho juntas e eu não parava de olhar para aquela bunda e aqueles seios lindos e grandes que ela tem, sem falar da bucetinha dela que tinha um clitóris

enorme e eu estava louca pra saber o gostinho de uma virgem, nós ficamos rindo e brindando, mais sentia que no fundo ela também queria algo. Fomos deitar e ela estava de baby Doll, eu também, ela ficou de costas pra mim e então comecei a acariciar as costas dela bem vagarosamente, percorria minha mão pela lateral bem perto dos seios e voltava, ela tremia a cada passada de mão, fui subindo para o pescoço e comecei a beijar, mordia levemente sua orelha, ela estava cheirosa, era seu perfume preferido, eu enlouqueço com o cheiro dela, continuei beijando e a minha mão só ia percorrendo mais aquela pele branquinha, seus seios estavam com os biquinhos bem duros e eu passava a mão de leve sobre eles, sentia ela respirando mais forte e apertando as pernas, imaginei logo, ela deve estar toda molhada, virei ela e ela só me olhava, não dava uma palavra, mais sabia que ela nunca tinha ficado com nenhuma outra mulher. Os dias passaram e lá em casa eu resolvo beija- la depois de melar ela com um sorvete que

fiz, foi melhor beijo da vida e ela concordou, era uma virgem muito safada e ali então ela se entregou, nós ficamos loucamente, aquela safada estava guardando seu melhor pra mim, ela chupou meus seios e parecia que já sabia exatamente tudo q queria fazer com meu corpo, eu gemia como uma louca de tesão, estava com a bucetinha enxarcada e ela também, depois de me fazer delirar e xingar ela de putinha, safadinha, gostosa, ela chupou minha buceta tão gostoso que em meio segundo eu já tinha gozado, uma língua pequena, macia, tão quentinha no meu grelinho duro, o meu corpo inteiro tremeu, eu me arrepiava inteira, e ela não cansava, mesmo eu já tendo gozado ela não tirava a boquinha da minha buceta, me fazendo pagar todo o tesão que causei nela. Eu também não deixei barat

o mesmo anestesiada, depois da melhor gozada da minha vida, chupei delicadamente aquela bucetinha com a pontinha da minha língua passava bem no clitóris dela que era lindo, gostoso, saboroso, cabia na minha boquinha, e lógico, por saber que ela era virgem queria muito enfiar o dedinho de leve, e a safadinha deixava ainda pedia pra colocar, ela jorrava de tesão, enquanto eu chupava aquela bucetinha rosada e só minha. A putinha gozou bem gostoso, se contorcendo e se arrepiando, ela tinha a voz rouca bem exitante, eu gozei só de chupar ela, sortuda demais eu, ela falava ontempo inteiro que nunca havia sentido aquilo antes. Depois disso continuamos ficando muito, e cada vez fica melhor, sempre que podemos vamos ao motel e fazemos as melhores loucuras do mundo. Os meus melhores orgasmos é com ela e os dela também comigo.

Deixe um comentário

CAPTCHA



Online porn video at mobile phone


casa dos contos gaycontos de incestcontos eroticos de fantasiascontos eróticos travestiwww.contoerotico.comcontos eroticos praiaeroticoscontos eroticos esposaconto eroticoscontos eróticos lésbicasconto erotico novinhocontos eroticos empregadaincesto contoscontos eroticos de casaiscasados contoscontos eroticos surubacontos sexycontos eroticos femininoscontos eróticos coroasconto pornconto erotico gostosocontos eroticos encoxadascontos eróticos de novinhascontos eróticos com travestiscomendo um cuzinhocontos de sexo selvagemcontos eroticos incertoscontos heroticoscontos eroticos incestoprimeira vez com travesticontos eroticos gay primeira vezconto erótico sobrinhacontos eroticos de fantasiasconto eroticoscontos eróticos de incestoconto gay 2018contos de coroascontos eroticos casaiscontos eroticoscontos sexuaiscontos eroticos de novinhascontos reais eroticoscontos erótico gayscontos eroticos metrocontos eroticos medicoconto de incestocontos eroticos com meninascontos eroticos comendo a sobrinhaconto erotico novinhacontos eroticos banhocontos eroticos novoscontos pornôscontos eroticos recentesconto erotico pai e filhacontos eróticos cunhadoconto herotico gayconto corno mansocontos fetichecontos eroticos de mae e filhoconto encoxadacontos eroticos ineditoscontos ertconto erotico traicaocontos eroticos punhetacontos eroticos em onibussexo contos eroticosconto erotico engravideicontos eroticos praiacontos eroticos analmeu marido é cornocontos eróticos sogrocontos de corno mansocontos de sexo com novinhascontos erotivoscontos eróticos traiçãocontos eróticos últimocontos eroticos de incestocontos eroticos a forçasite de contos eroticoscontos eroticos entre irmaoscontos erotivoscontos eroticos de traicaocontos onibuscontos eróticos travesticontos incestocontos ercontos eroticos tio