Cara do chat me arrombou

Sempre fui um cara cheio de fetiches, pensamentos eróticos me acompanham desde novinho. Tenho uma atração muito forte por garotas, mas um desejo louco de transar com homens casualmente. Como se disse ma droga controlada onde tenho recaídas de vez enquando. Nunca tive sentimentos por homens, é uma coisa carnal… Tara em sentir um macho me dominando e gemendo no meu ouvido! Minha primeira vez foi após um final de namoro. Minha namorada se mudou de cidade e acabamos o namoro. Estava carente e entrei no chat do terra a procura de atenção. Tinha vários nicks de homens afim de homens e me despertou vontade de conversar com algum deles. Conheci um cara e marcarmos na minha casa. Eu estava sozinho em casa e suando frio esperando minha visita. Foi Uma

experiência estranha pra mim. No fim não rolou. Doia muito. O nervosismo me atrapalhou na hora. Fiquei um tempo sem pensar no assunto. Alguma meses depois decidi novamente entrar no chat. Conheci um cara bacana de 20 e poucos anos( eu tinha 22 na época) e após muito papo acabamos marcando de sair. Peguei ele como meu carro e fomos pra uma rua atrás de um bar na madrugada. Ele era um Moreno claro alto e atraente. Eu estava muito timído e falei que era inexperience, porém queria tentar. Ele segurou minha perna e me beijou deliciosamente. A barba dele me roçava o pescoço me arrancando arrepios jamais sentidos antes. Ele pegou minha mão e colocou sobre o seu pau ainda vestido. Eu pude sentir a virilidade e senti vontade de ver logo aquela rola. Tirei pra fora e cai de Boca. Era enorme e grossa, mal cabia na minha Boca. Ele começou a me dedar por cima da cueca e eu me senti uma putinha.

Finalmente eu sabia que dessa vez alguém iria conquistar meu cuzinho. Fomos para o banco de trás e fiquei de ladinho com as calças e cuecas arriadas. Ele começou a forçar e não conseguia penetrar meu cuzinho apertado e tenso. Então comecei a chupar novamente e trepei por cima do seu Colo. Fui descendo devagarinho e aos poucos o Pau dele penetrava em mim. Era estranho, Uma mistura de dor e desconforto com tesão e prazer. Aos poucos ele foi mexendo e quando vi eu estava sendo fodido com força. A cada estocada eu soltava um gemido meio que sem querer. Quando estava ficando bom ele gozou. Mas foi cavaleiro, ficou me penetrando com os dedos até que eu tmb gozasse. Depois disso saimos outras vezes. Na próxima eu conto. Ficou cada vez melhor.

Deixe um comentário

CAPTCHA



Online porn video at mobile phone


contos de incesto gaycontos eroticos coroacontos gay casa dos contoscontos erotivoscontos incesto gaycontos eroticos tiacontos eróticos lesbicoscotos eroticoscontos eroticos selvagemcontos erotico reaisconto erotico travesticontos eroticos gay ultimoshistórias eróticoscontos eroticos no onibuscontos eroticos carrocontos eroticos reaisconto erotico de incestoconto eroticoscontos eroticos de novinhaconto comi minha tiatravesti contosexibindo a esposaforum eroticoconto erotico genrocontos eroticos maeconto erotico troca trocarelatos eroticoconto porncontos sobrinhocontos eroticos dormindocontos incestocontos eroticos de incestocontos gay primeira vezcomendo a madrastacorno manso contoscontos gay últimoscontos eroticos onibus lotadocontos eroticos gay primeira vezcontos eroticos trabalhocontos.erocontos eroticos de mulheres casadascontos eroticos sobrinhocontos travestiscanto eroticocontos cornosconto erotico putinhacontos gays reaiscontos eróticos no onibuscontos eróticos swingmeu marido é cornocontos eroticos femininoconto erticoconto herotico gayconto erotico onibuscontos pornos gayscontos eroticos transcomendo um cuzinhoincesto contosconto erotico cunhadacontos eroticos mae e filhoconto erotico insestodei pro meu cunhadoconto encoxadaconto erotico padrastocontos eroticocontos de sexo reaiscontos eróticos mãe e filhocontos eróticos de incestocontos eróticos padrastocontos pornocontos esposacontos eroticos madrastaconto erotico praiaprima safadaconto erótico irmãocontos eroticoaconto eroticos gayrelatos e contos eroticoscdzinha novinhacontos eróticos onibusconto travesti