Realizando a fantasia da minha amiga

Tenho uma amiga cujo o nome é Bel, morena clara, cabelos até o ombro 38 anos professora, separada, sempre que podemos saímos para nos divertir com um grupo de amigos, confesso que nunca havia pensado que iria rolar algo tão intenso com ela, ela é baixinha do jeito que eu gosto, tem uma bunda gostosa, conversávamos sempre, mas nunca havíamos falado sobre sexo até que no aniversário da Renata, que por sinal foi festejado em minha chácara, Bel estava sem carro o dela estava no conserto ela foi de carona comigo e mais 02 pessoas, chegamos cedo para aproveitar a piscina, depois de aproveitar bastante falei que ia ver como estava meu brinquedinho que estava guardado em um galpão que fica fechado, pois havia restaurado meu Maverick GT V8 não fazia muito tempo, Bel

quis me acompanhar, pois ela ama carros, peguei a chave do galpão e fomos, lá chegando comecei a apreciar aquela obra de arte e explicando os detalhes para minha amiga, foi quando ela me surpreendeu dizendo que a fantasia dela era transar no capô de um carro, nesse momento olhei pra ela e falei – se você quiser eu posso realizar essa sua fantasia, Ela ficou toda vermelha, eu aproximei e dei um longo beijo que ela retribuiu. Ela começou passando a mão por cima da minha sunga, começou apertando meu pau e falando que estava duro. Aí disse pra ela que era tudo dela se ela quisesse, quando disse isso ela desceu minha sunga ao mesmo tempo e meu pau pulou pra fora, igual uma cobra. Ela olhando, vi a hora que a boca dela encheu de água e falei:

– Pode pegar, segurar! Ela meio tímida, pegou e começou alisando meu pau bem gostoso, olhou pra mim e disse que tinha medo de alguém entrar, que nunca tinha feito isso antes e eu disse pra ela que tudo na vida tem a primeira vez. Nessa hora já vi que ela estava até babando de vontade de chupar, foi quando falei pra ela:
– Pode mamar meu pau, fique a vontade! Ela meio sem jeito disse que não podia chupar, mas que queria cheirar e claro que deixei. Ela agachou, chegou bem perto e cheirou meu pau duro, perguntei se estava gostando e ela só dizia que sim. Aí insisti mais um pouquinho:
– Chupa vai, eu sei que você está louca pra mamar um macho de verdade. Nisso ela me olhou e disse:
– Posso mesmo? Claro, respondi.
Nisso ela caiu de boca no meu cacete, me mamou como uma cachorra, chupava meu pau igual uma louca, tentou engolir, mas não conseguiu, voltou a chupar a cabeça do meu pau, passava a língua, descia até minhas bolas e subia, nunca tinha sido chupado assim. Perguntei se estava gostoso e ela só sacudia a cabeça que sim e disse que estava ótimo mamar o meu pau. Vendo que ela já estava se entregando, puxei ela pra cima e dei um beijo em sua boca, que tirei a sua saída de praia e a parte de cima do biquíni rapidinho, deixando aqueles peitões a mostra e ela me perguntou:
– Gostou dos meus peitos? Eu na hora disse que amei, então ela me disse:
– Vem mamar meus peitões, vem garanhão. Caí de boca naqueles peitos, mamei, mamei, vendo-a revirar os olhos, comecei a morder de leve os bicos dos peitos que estavam duros. Enquanto eu chupava os peitos dela, ela mesma foi tirando a parte de baixo do biquíni. Quando vi aquilo, peguei ela no colo e deitei em cima do capô do carro e abri as pernas dela e perguntei:
– Faz tempo que não é chupada?? Nisso ela respondeu:
– Tem sim, porque? Nem respondi ela, já fui caindo de boca naquela buceta, que estava raspadinha, delirei quando minha língua entrava naquela buceta que estava pedindo pra ser invadida, chupei seu grelinho, mamei muito a buceta dela e ela gemia igual uma cadela no cio. Quando fiquei de na frente dela, resolvi perguntar se já estava bom e ela me respondeu:
– Quero serviço completo. Nessa hora eu disse pra ela que estava sem camisinha e ela me disse:
– Não tem problema, pode me comer sem camisinha mesmo, quero essa rola em mim agora.
Me posicionei e comecei a enfiar minha rola, que no começo estava custando entrar, já que ela não dava a um certo tempo, foi quando soquei de uma vez e ela deu um gemido e disse:
– Hummmmm, ahhhhhhh, que gostoso sentir uma rola de novo. Nisso comecei a meter, tirava e colocava, tirava e colocava, meu pau estava adorando meter naquela buceta e ela gemia cada vez mais gostoso.
– Está gostoso vadia??Está gostando de dar pra um negão?? Ela me respondeu: – sempre sonhei em dar para um negão, mas tinha medo, tinha que ser com alguém especial igual a você. Dei outro beijo gostoso nela e coloquei ela debruço e chupei aquele cuzinho lindo, lubrifiquei bastante aquele cuzinho e comecei a colocar um dedo, depois outro e ela retribuía rebolando como louca, retirei meus dedos e comecei a colocar a meu pau devagarinho cm por cm e aquele cuzinho engolindo tudo na hora que minha bolas bateram em sua bunda comecei a bombar de vagar fui aumentado o ritmo até meu pau começar a latejar nesse momento tirei o pau do cuzinho dela e ela ajoelhou na minha frente e começou a chupar até eu gozar na sua boca, ela disse que nunca tinha engolido tanta porra em uma foda, o tempo passou nem percebemos que já estava quase na hora dos convidados chegarem, durante a festa demos uma fugidinha para repetir aquela foda gostosa. Espero que gostem desse relato se quiserem entrar em contato meu e-mail é [email protected]

Deixe um comentário

CAPTCHA



Online porn video at mobile phone


contos eroticos minha tiacontos eroticos de traiçaocontos sexocontos eróticos mãe e filhocontos cdzinhacontos eroticos no trabalhocontos eroticos mae do amigocanto eróticoincesto eroticocontos de swingcontos sexuaissex contoscontos ercontos eroticos sograwww.contoerotico.comcontos eroticos de lesbicasconto eróticoqueria ser cornocontos eroticos onibus lotadocontos eroticos gozando dentroexibindo a esposacontos eroticos atualizadoscontos de corno mansocontos eroticos de putariacontos eroticos 2018contos eroticos de corno mansocomendo a madrastarelato eroticoscontos eróticos lésbicacomtos eróticoscontos eróticos gayscontos eroticos troca de casaiscontos eroticos dpcontos eroticos ubercontos eroticos com travestiwww contoeroticocontos eroticos sogracontos eróticos novinhacontos erotcosccontos eroticoscontos eróticos cunhadacontoseroticos incestoconto erotico tiacontos sexo reaiscontos eroticos professoracontos eroticos de incestoscontos eróticos academiacontoserotcontos eroticos de casadasconto erotico padrastocontos eroticos gays cnnestorias eroticascontos eróticos no onibuscontos eróticos curtoscontos de sexo incestoconto amadorsexo contoscontos eroticos irmaoscontos heróticosrelatos e contos eroticoscontos eroticos surubacontoeróticoscontos eroticos reaiscontos eroticos novinha safadacontos eroticos de casaisconto erotico novinharelato eroticoscontoseroticos incestocontos eroticos empregadacontos putariatextos eróticoscontos eroticos cornoscontos de orgiacontos eroticos sogracontos eróticos mãecontos eróticos femininoscontos de putariaconto erotico femininocontos eroticos meninas novinhasconto erótico lesbicocontos eroticos incestostextos eróticosconto erotcocontos pornoscontos eroticos familiacontos putariacontos eroticos realcontos eróticos.contos heroticoscontos eroticos gay gratis