Exibindo minha esposa na praia

Adoro exibi-la para outros machos, e os melhores lugares são a praia ou a piscina do clube.

Vou contar o que aconteceu, conosco num final de temporada, já era começo de abril, as férias acabando, o inverno chegando e a praia cada vez com menos turistas, principalmente nos dias de semana

Minha mulher, como sempre, usando os minúsculos biquínis fio-dental, que eu sempre a presenteio, os quais somem naquele rabo enorme e gostoso, mal cobrindo os mamilos de seus seios grandes e firmes.

Provocando olhares, cheio de desejo de todos os machos por onde ela passa e me enchendo de tesão com este tipo de situação.

Nestas férias ficávamos tomando banho de sol e curtindo a praia todo o dia no mesmo lugar, próximo a um local que locava jet-Skis, onde dois rapazes cuidavam do seu negócio e de minha esposa que passava o dia com aquela bunda gostosa se bronzeando.

Percebíamos os olhares, cada vez menos cuidadosos, que a secavam escandalosamente, cuidando cada movimento a fim de ver algo a mais.

Minha safadinha percebendo isso, provocava-os, arrumava seu biquíni, enfiando o máximo naquele rabo, ou quando de frente, marcando sua Buceta volumosa e inchada.

A situação me excitava demais, me tratando como um verdadeiro corno, correspondia aos olhares.

Resolvemos provocar àqueles dois um pouco mais, e a cada dia escolhíamos o biquíni mais provocante.

Entrávamos na água, e sempre pedíamos que reparassem nossas coisas na areia, o que simpaticamente atendiam.

Minha esposa se excitava com a situação de ser tão descaradamente desejada por aqueles 2 jovens machos, bonitos e sarados.

Á noite fantasiávamos uma relação a 4 com aqueles dois rapazes, onde ela me provocava dizendo estar louca para dar pra eles e eu, como um corno manso, teria que assistir calado.

Numa manhã ao nos preparamos para ir à praia, ela me perguntou se poderia provocar ainda mais aqueles dois, disse que sim, e perguntei:

– O que vai fazer? Vai nua?

Pois os menores fio-dental que encontrei para comprar ela já havia usado.

– Você não diz que eu tenho uma bucetinha linda e volumosa, vou deixa-la mais em evidência,

Justificando que um biquíni já era velho e por ser branco, estava amarelado, pegou uma tesourinha e cortou o forro interno, deixando somente o fino tecido de lycra do biquíni, fazendo o mesmo com o soutien.

– Agora vai ficar mais em evidencia minha bucetinha e meus seios, não acha seu chifrudo?

– Se eu entrar na água vai aparecer tudinho meu corno.

Sem nem aguardar minha aprovação, já o foi colocando, mas quero confessar, me deixou de pau duro na hora, minha esposa tem uma buceta com lábios externos muito grandes, dá a impressão de estar sempre inchada, aquele fino tecido enterrado na sua racha marcava seus lábios e até mesmo seu clitóris avantajado se percebia sob o fino tecido branco.

Fiquei louco de tesão com a situação e fomos para o lugar de sempre da praia, chegando lá começou nosso exibicionismo, passei demoradamente bronzeador nela, passados alguns minutos, e por fazer muito calor, minha esposinha, com cara de safada, me convidou para entrar na água, perguntei se estava brincando, disse que não.

– Não era isso que você queria, ver outros machos loucos para me comer?

– Imagina só eu voltar com minha Bucetinha bem marcadinha, não acha que estes dois vão ficar de pau duro por tua esposa seu chifrudo?

– Não é isso que você sonha seu corno?

– Vários machos de pau duro por causa da tua mulher?

Ela me tratava como um verdadeiro corno manso, este tipo de situação me enlouquece.

Fomos para água, pedindo a gentileza de nossos amigos para cuidarem de nossas coisas, ficamos alguns minutos na água e podia perceber os mamilos de minha mulher marcando o soutien que molhado e estava totalmente transparente, ela adorava a situação, provocava um pouco mais, dizendo que embaixo ia ficar tudo a mostra.

Pedindo que eu a ajudasse a boiar, deitou-se de costas na água me dando a oportunidade de ver, que realmente percebia-se completamente sua xana, o tecido fino e molhado desenhava o contorno com detalhes daquela xana volumosa e beiçuda.

Com o pretexto de ajudá-la a equilibrar-se, não resisti e bolinei aquela xana por cima do biquíni, e depois enfiando um dedo pela lateral, vi que estava escorregadia de tesão, parecia que ficava mais inchada a cada minuto, estava louco para meter naquela buceta, mas não daria, todos perceberiam, com um sorriso de safada, me convidou para sair d’água.

Indo em direção aos nossos pertences que deixamos aos cuidados de nossos amigos, mesmo à distância, de boca aberta, os dois observavam descaradamente minha putinha, que passou rebolando bem ao lado deles agradecendo, nem conseguiram falar.

Pegou uma toalha e suavemente ajeitou-se para tomar mais um pouco de sol.

A esta altura, dentro de minha sunga meu pau doía de tão duro, estava louco para me acabar com minha esposinha, mas ela me torturava ainda mais provocando aqueles dois.

Bebemos algumas cervejas e ela decidiu que iria andar de Jet Ski, sem tirar os olhos de minha gostosa, que continuava com seu corpo como se estivesse nua, acertamos e saímos para um passeio de 20 minutos, enquanto eu pilotava ela me punhetava, dizendo no meu ouvido que estava louca para dar para aqueles dois, que eu só iria assistir, e no final chupar sua buceta toda gozada.

Os 20 minutos passaram rapidamente e tivemos que voltar, com meu tesão ainda maior, pois não me fez gozar só para me torturar mais um pouco.

No retorno perguntaram se tínhamos gostado do passeio, disse que sim, mas minha esposa disse que não, no mesmo instante.

Perguntaram:

– Por quê?

Ela disse que eu era um piloto muito fraco, pois queria saltar as marolas e ondas, como tinha visto eles fazendo.

Eles explicaram que para isso tinha que ter uma pratica maior, mais experiência, mas que se ela quisesse, poderia ir de carona com um deles, convite que minha esposa puta, aceitou na hora.

Só vi minha mulherzinha sentar-se abraçada a cintura daquele rapaz, com seu rabo gostoso empinado, partindo a toda velocidade, sumindo no horizonte.

Ao longe, mal os enxergava, até que os perdi de vista completamente, cerca de 20
minutos mais tarde volta ela com um sorriso de felicidade nos lábios, desce dos Jet Ski, me dá um beijinho me chamando de amorzinho.

Tira o colete salva-vidas, deixando os turbinados seios totalmente a mostra, pois haviam escapado pra fora durante o passeio, agradece pelo passeio e eu pago uma hora de Jet Ski.

Ela justificando ter ficado enjoada, me convida para irmos até o hotel, deixamos nossas coisas para nossos amigos cuidarem e retornamos ao quarto do hotel.

Chegando lá estava muito excitada e muito molhada, me atacou e durante o sexo contou que no jet ski sentiu o cara excitado acabou pondo a mão na rola dele que parecia enorme e ele também a tocou na buceta que quase deu pra ele mas aí pediu pra voltar.

Fiquei louco e gozamos muito.

Deixe um comentário

CAPTCHA



Online porn video at mobile phone


conto gayscontos eróticocontos de encoxadascontos eróticos traiçãocontoserocontos eroticozcontos eróticoscomendo minha sobrinhacontos eroticos femininosincesto contos eroticoscontos eroticos no ônibusconto eroticosrelato eroticoscintos eroticoscontos erotucoscontos eróticos sogrocontoeróticoquero ser cornocontos eroticos gay incestocontos eroticos cunhadacontos eróticos professorcomendo meu primocontos heroticos gaycontos eroticos meninas novinhascontoeroticocontos sensuaiscontos eroticoa gaycontos eroticos sograconto erotico novinhacintos eroticoscontos de putariascontos eroticos verdadeirosite de contos eroticoscontos eroticos pai e filhocontos eroticos reaiscontos eroticos comendo a sogracontis eroticoscontos eróticos swingconto tiaimcestoconto erotico encoxadaconto erotico sobrinhacontos boquetemeu conto eroticocontos eroticos chantagemcontos eróticos lesbicocontos eróticos lesbicorelatos eroticoscontos eroticos sobrinhanovos contos eroticoscont eroconto erotucoconto erótico padrastocontos eroticos comi minha sograconto gay primeira vezconto cornoconto etoticoincesto contoscontos eróticos swingconto erotico mae e filhoconto erotico gay ultimoscontos eróticascontos eroticos adolecentesconto erotico femininoconto erotico gaycontos cunhadinhacontos erotico incestocontos de putariascontos eroticos metrocontos eroticos comi minha sograrelatos eroticos reaiscontos eróticascontos eroticos de insestocontos de putariascontoerotico.comcontos eróticos incestos